>

quinta-feira, dezembro 20, 2012

1. Agrades

Quem me dera que afundasse e levasse tudo o que me atormenta.

Agrades

6 Comments:

Blogger mena maya said...

Deita tudo o que te atormenta pela borda fora, Agrades, tens o mar à tua porta( que invejinha!).

Paz e Amor no teu Natal!

20/12/12  
Blogger Justine said...

É bom sonhar, não é, Agrades?

20/12/12  
Blogger bettips said...

Deixa-o estar... também reflecte o céu e uma vida bem vivida!

21/12/12  
Blogger Licínia Quitério said...

Cuidado, os barcos quando se afundam levam também a esperança. Vamos tentar mantê-lo à tona.

22/12/12  
Blogger Luisa said...

Um barco só não pode carregar tudo o que nos atormenta.

23/12/12  
Anonymous do Zambujal said...

... tudo o que nos a tormenta...

25/12/12  

Enviar um comentário

<< Home