>

quinta-feira, janeiro 17, 2013

4. «Risco» por Jawaa

7 Comments:

Blogger Licínia Quitério said...

E assim, no tic-tic de bilros, seguindo o risco, a magia da renda se desenvolve, nos envolve.

17/1/13  
Blogger agrades said...

Um risco de paciência.

17/1/13  
Anonymous Anónimo said...

Belíssima fotografia. E bem pensada: porque os risco es-
tá no desenho da peça, nas li-
nhas que seguram os bilros e
neles mesmo, assim ou movendo-
se entre os dedos.

17/1/13  
Blogger bettips said...

Há os riscos do desenho: mas há acima de tudo uma ciência exacta neste bordar de bilros.
Lindo, o capricho de bordar como teclando.

17/1/13  
Blogger Luisa said...

Também comecei a aprender esta arte como se exigia das meninas do meu tempo mas em breve troquei os riscos e os bilros e tudo se embaraçou. Desisti.

18/1/13  
Blogger Justine said...

Um risco ancestral...que é urgente preservar!

18/1/13  
Blogger M. said...

Deve ser um horror "desbaralhar" estes bilros, mas que a renda é linda, lá isso é.

18/1/13  

Enviar um comentário

<< Home