>

quinta-feira, janeiro 31, 2013

9. Mena M.

8 Comments:

Blogger Rocha de Sousa said...

A esta fotografia se pode associar
em parte o que foi dito para a an-
terior: é, contudo, um outro tipo
de viagem, a paragem para o olhar,
antes com a própria marca do via-
jante, depois o que está entrevis-
to, céu, mar, sobretudo.

31/1/13  
Blogger M. said...

Gosto muito desta presença humanizada do jipe. Uma espécie de espera desejada até que o olhar transborde na procura de beleza e então haja o regresso ao lugar que antes foi de fuga.

31/1/13  
Blogger Licínia Quitério said...

Parar, olhar, fotografar. O encanto dos caminhos segundos que nos dão uma outra medida de tempo.

31/1/13  
Blogger agrades said...

Caminhos, vistas e viatura tudo a condizer.

31/1/13  
Blogger bettips said...

Esta viagem é sempre "a abrir", junto ao mar, e não temendo os caminhos...
Acredito que os teus pensamentos "planam" Mena, sempre que te lembras disto!

1/2/13  
Blogger Justine said...

Fora do carro, a uma sombra, discute-se: "vamos pela estrada da beira-mar ou pela que atravessa o campo? Qualquer uma, menos pela auto-estrada", respondem todos em coro!

2/2/13  
Blogger Benó said...

Ora aqui está um bom meio para viajar pelos campos; com tração às quatro rodas não´há lama ou areal que nos impeça de seguir caminho.Com um jipe adoro ir à descoberta dos caminhos desconhecidos. Abomino as autoestradas.

3/2/13  
Blogger Luisa said...

As facilidades dos tempos modernos: procurar a beleza sem perder o conforto.

3/2/13  

Enviar um comentário

<< Home