>

quinta-feira, fevereiro 07, 2013

13. Teresa Silva



               Alenquer

«Parafraseando Camões: ..."Criou-me Portugal na verde, e cara/pátria minha Alenquer".»

Teresa Silva

10 Comments:

Blogger Benó said...

Muito bonita esta foto duma rua de provincia.

7/2/13  
Blogger ~pi said...

calmo Alenquer que algo quer
(assim permanecer)... disso não restam dúvidas! :-)






~

7/2/13  
Blogger Luisa said...

Gosto sempre de ver apontamentos de Alenquer.

7/2/13  
Blogger bettips said...

Tão bonita a rua e a ideia, Teresa - mesmo a condizer! Apesar de haver controvérsia quando à terra onde nasceu Camões ??? fazes bem em lembrar Alenquer.

7/2/13  
Blogger agrades said...

Amor à terra!

7/2/13  
Blogger M. said...

Tão bonita esta fotografia no movimento do Tempo que atravessa a existência humana, quer na voz dos poetas quer na tua própria voz, Teresa.

8/2/13  
Blogger Licínia Quitério said...

As raízes bem fortes. As tuas e as da árvore.

8/2/13  
Anonymous Zambujal said...

Alembro-me bem de Alenquer no Além dos Anos de juventude.
Agradecido!

9/2/13  
Blogger Justine said...

Quando, pela estrada antiga, lá passávamos à noite, dizia-se sempre: parece um presépio! Ainda parecerá?

10/2/13  
Anonymous Anónimo said...

Está lá o A e o belo trecho de Alenquer

Rocha de Sousa

17/2/13  

Enviar um comentário

<< Home