>

quinta-feira, março 28, 2013

O DESAFIO DE HOJE

Dia 28 - Fotografando as palavras de outros sobre o poema

Árvores Nuas

Quando as mãos carinhosas de outro sol
seu corpo agreste enfeitem novamente,
que será já dos ventos que as despiram?

Pobres ventos sem alma que as despiram!

Sebastião da Gama, Cabo da Boa Esperança (Janela Aberta), Colecção Poesia, Edições Ática, 1959


1 Comments:

Anonymous Zambujal said...

Posso fazer um comentário colectivo, como quem dá um abraço a todos?
Só quero dizer que não me entendo com aquela "coisa" lá de baixo, em letras esquisitas e faixa que me obriga a mudar de óculos e ir buscar a lupa, e que gostei muito de ver as fotografias das árvores sem folhas, ou a recuperá-las.
Além disso, o tema não convidava ao que tanto nos tem caracterizado: a imaginação, a criatividade, a diversidade.

Por isso... abraço para todos!

1/4/13  

Enviar um comentário

<< Home