>

quinta-feira, maio 30, 2013

6. Licínia



"Arredar a cortina dos frutos e entrar na manhã gloriosa do pomar." 

Licínia

8 Comments:

Blogger Justine said...

...e por lá ficar, a usufruir da frescura da sombra!

30/5/13  
Blogger M. said...

Sim, e por lá ficar...

30/5/13  
Blogger agrades said...

E provar as uvas maduras...

30/5/13  
Blogger Benó said...

Há alguns anos atrás, entrava nas minhas manhãs colhendo um cacho de uvas e comendo-o lá mesmo, na vinha.

30/5/13  
Blogger Rocha de Sousa said...

É uma boa fotografia e coloca a
luz, de forma aberta, num traje-
cto aéreo. Reinterpreta o texto

31/5/13  
Blogger Luisa said...

Parece que esta é a única fotografia que, na opinião do Rocha de Sousa, traduz bem o poema: frutos e manhãs. Ganhaste o concurso.

1/6/13  
Blogger mena maya said...

Dei comigo a sentir-me raposa a olhar as belas uvas e aqui tão longe sem lhes poder chegar...

Lindíssima a tua foto!


P.S.Torna a fechar a cortina, não entre para lá um vespão...

2/6/13  
Anonymous do Zambujal said...

... e comer um esgalhinho pelo caminho da manhã.

[Ah!, e recuso(-me) avaliações de adequação ao poema proposto, como se estivessemos am teste escolar, de que começo a estar cansado ao chegar ao l do abecedário em sentido contrário]

4/6/13  

Enviar um comentário

<< Home