>

quinta-feira, outubro 10, 2013

6. Licínia



Manhã cedo, as ardências do Verão ainda não se fazem sentir. O velho tronco derrubado oferece-se, em concha simulada, em baloiço prometido, à carícia do Sol, por agora branda, com a brandura de que só os fortes são capazes. 

Licínia

7 Comments:

Blogger Justine said...

É a melhor hora do dia, aproveitando a brandura do forte!!

10/10/13  
Blogger Rocha de Sousa said...


Muito boa fotografia e um texto
que ajuda a ver.

11/10/13  
Blogger Benó said...

Manhã cedo ou pela tardinha a velha árvore oferece este pouso para uma leitura ou reflexão.

11/10/13  
Blogger bettips said...

Lembra-m um berço
lembra-me um braço
lembra-me o musgo e
um abraço

11/10/13  
Blogger Luisa said...

Lembra-me as árvores do meu quintal na terra onde nasci. Saudades.

12/10/13  
Blogger agrades said...

Um pedaço de tronco que faz lembrar tanta coisa.

12/10/13  
Blogger M. said...

Lembrando outras videiras e aquela outra luz que adoro.

16/10/13  

Enviar um comentário

<< Home