>

quinta-feira, dezembro 12, 2013

1. Agrades



Um pedaço de mar, habitualmente tão revolto e perigoso, transformado, naquela hora, em espaço de ameno convívio. 
Agrades

6 Comments:

Blogger Justine said...

É bom apanhá-lo nestes dias de boa disposição! Porque quando ele está zangado...

13/12/13  
Blogger Licínia Quitério said...

Até à próxima "volta de mar".

13/12/13  
Blogger bettips said...

E assim também "o recreio" de que a Luisa fala acima e tu ilustras, com gente grande. Que fascínio, sempre diferente!
Que temos nós de líquido, de baloiço, de retornar, de útero salgado, de bravio e doce, que tanto nos envolve o pensamento? Ah... somos um povo da beira-mar!

13/12/13  
Blogger Rocha de Sousa said...

É verdade, cada vez mais verdade,
um pedaço de mar é cada vez menos
pedaço de mar. Já ouvi falar disso
na tal história do Adamastor.

14/12/13  
Blogger Luisa said...

É tão bom brincar no mar!

14/12/13  
Blogger Benó said...

Somos, mesmo, um povo da beira-mar como diz a Bettips.

18/12/13  

Enviar um comentário

<< Home