>

quinta-feira, dezembro 12, 2013

2. Benó



Um pedaço de mar, só um pedaço, melhor ainda, um pedacinho desse grande oceano, que dá pelo nome de atlântico, entra no porto de abrigo aqui, à minha frente, e suavemente faz baloiçar os pequenos barcos que se encontram em descanso. Foi, assim, hoje, no porto da baleeira, em que o vento soprava fortemente formando alguma ondulação fora da doca.

Benó

5 Comments:

Blogger Justine said...

Um privilégio, Benó, viveres junto ao mar e poderes respirá-lo todos os dias!

13/12/13  
Blogger Licínia Quitério said...

Mar forte, grandioso, este teu. Um privilégio, sim, Benó.

13/12/13  
Blogger bettips said...

Abrigo que é inestimável para as tempestades fora do molhe.
Também o estares perto o é, como dizemos em côro!

13/12/13  
Blogger Rocha de Sousa said...


Há na imagem uma estranha insipi-
dez que nos leva a temer sair daquele pedaço de mar.

14/12/13  
Blogger Luisa said...

Tudo belo quando o vento não balança em demasia os barcos.

14/12/13  

Enviar um comentário

<< Home