>

quinta-feira, dezembro 26, 2013

2. Bettips

5 Comments:

Blogger Rocha de Sousa said...


Bela ideia recorrendo a uma es-
cultura do passado e cuja atitude
vem da solidão e talvez da perda.

26/12/13  
Blogger Licínia Quitério said...

Assim mesmo, na plena nudez da solidão.

26/12/13  
Blogger M. said...

Lindíssima imagem. Será que só a beleza das coisas amenizará essa solidão?

26/12/13  
Blogger Justine said...

Triste e doce ao mesmo tempo...

27/12/13  
Blogger bettips said...

Escultura de Soares dos Reis, no Museu do mesmo nome. Chama-se "O Desterrado" e, olhando-a, vem-me à cabeça "a distância" que nos acontece: da terra, dos amigos, dos lugares que amamos, desterrados, solitários e nus, num espaço interior agreste e sem nome que tantas vezes somos/sentimos por dentro.

2/1/14  

Enviar um comentário

<< Home