>

quinta-feira, dezembro 19, 2013

9. M. J. Jara

Perco-me com as palavras dentro do olhar perante o belo rendilhado executado por aquela aranha, vindo-me à memória a figura frágil de minha avó com as suas mãos esquálidas tecendo com todo o amor e carinho, junto à lareira, colchas para os seus muitos netos. 
M.J.Jara

1 Comments:

Blogger Justine said...

As boas recordações de infância, que tanta força nos dão!

22/12/13  

Enviar um comentário

<< Home