>

quinta-feira, fevereiro 13, 2014

6. Licínia



O corpo nasceu da pedra fria. Um homem o sentiu e o despiu de todo o excesso, de toda a fealdade. Descobridor de estátuas, humilde ofício é o do artista.
Licínia 

(No museu das belas-artes, em Pau. Chama-se "joie de vivre" e não sei o nome do artista.)

7 Comments:

Blogger M. said...

Graciosos os gestos, lindo o contraste entre a luz da estátua e o fundo escuro, belo o modo de sentir do escultor e o teu.

13/2/14  
Blogger Luisa said...

Belo corpo!

13/2/14  
Blogger bettips said...

Um corpo alegre no prazer de esmagar os cachos??? De vindimas, o gosto do artista e a tua escolha feliz.

13/2/14  
Blogger Justine said...

Olha-se e sente-se a pele tépida e macia! Vivó artista, quem quer que ele seja...

14/2/14  
Blogger Rocha de Sousa said...


A escultura traduzindo um corpo
feminino (Joie de vivre)

14/2/14  
Blogger agrades said...

Um corpo que é de Pau, é de pedra, é do fim do caminho...

14/2/14  
Blogger Benó said...

"Um homem não é de pedra" Não ouviram ou não leram esta frase?
Mas este é de mulher e bastante elegante, atrevido, sensual até, no ato de esmagar as uvas.

17/2/14  

Enviar um comentário

<< Home