>

quarta-feira, abril 09, 2014

2. Benó


As cores fortes que CLAUS VON OERTZEN pôs nesta obra transmitem-nos a musicalidade das óperas e oratórias de Schubert ou Schumann que este músico/pintor de origem alemã tão bem interpreta. Nas suas pinturas existe música assim como o seu canto é rico em tonalidades, “Enquanto a música é momentânea, a pintura perdura”, diria von Oertzen, que residiu algum tempo no algarve.
Esta tela intitulada “Religioso” fazia parte da coleção SONS PINTADOS exposta no Centro Cultural de Vila do Bispo em 2000. Foi aí que a adquiri e desde então, o seu colorido adorna uma das paredes da minha sala transmitindo-me calor e música. 
Benó

6 Comments:

Blogger Justine said...

Muito interessante, Benó! Não conhecia o pintor - vou já "investigá-lo" !!!

10/4/14  
Blogger agrades said...

Cor é vida, um lema muito antigo e básico, mas real e que se aplica tão bem a esta tela.

10/4/14  
Blogger bettips said...

Símbolos que só o pintor/músico sabe como se formaram no seu íntimo.
Mas para nós é sem dúvida uma festa-alegre este quadro que mostras.

11/4/14  
Blogger M. said...

A beleza da interligação entre as artes.

11/4/14  
Blogger Licínia Quitério said...

Muito interessante essa relação da pintura com a música, assim abordada. Belas cores.

13/4/14  
Blogger Rocha de Sousa said...


É forte. Mas a fotografia ajuda pouco.

14/4/14  

Enviar um comentário

<< Home