>

quinta-feira, setembro 25, 2014

AGENDA PARA OUTUBRO DE 2014

Eu em substituição da Benó que, de momento, não está disponível
Dia 2 - Ao jeito de cartilha: Proponho-vos que usemos a sílaba “çu” para formar as nossas palavras. O texto que alguns de nós acrescentarmos é facultativo.
Dia 9 - Reticências com a frase “Gosto da luz” a iniciar o texto. Não esquecer a fotografia.
Dia 16 - Com as palavras dentro do olhar sobre fotografia de M.
Dia 23 – Jornal de Parede
Dia 30 - Fotografando as palavras de outros sobre o excerto

466.

O homem não deve poder ver a sua própria cara. Isso é o que há de mais terrível. A Natureza deu-lhe o dom de não a poder ver, assim como de não poder fitar os seus próprios olhos.
Só na água dos rios e dos lagos ele podia fitar seu rosto. E a postura, mesmo, que tinha de tomar, era simbólica. Tinha de se curvar, de se baixar para cometer a ignomínia de se ver.
O criador do espelho envenenou a alma humana.

Fernando Pessoa, Livro do Desassossego Composto por Bernardo Soares, ajudante de guarda-livros na cidade de Lisboa, Edição Richard Zenith, Assírio & Alvim