>

quinta-feira, fevereiro 19, 2015

3. Justine

A cidade apresenta-se-me, na sua imensidão, como um lugar de insegurança, uma hipótese de ameaça, um sopro de frieza. Contudo, a suavizar este meu sentimento, há este verde em primeiro plano, este verde intenso fresco e escuro – sinto-o como local de refúgio possível e necessário num deserto de construções!
Justine