>

quinta-feira, dezembro 17, 2015

9. Rocha/Desenhamento

E se nós tivéssemos uma casca destas em vez dos velhos sobretudos, gabardine, blusões, gorros e botas de pele? Diz a nossa Constituição que um dos direitos do cidadão português é a habitação. Bonito sermão para os que pagam rendas e prestações ou para aqueles cuja habitação é a rua e meia dúzia de cartões de embalagens derivadas de electrodomésticos. Em boa verdade esta janela mostra-nos um ser da Natureza (uma caracoleta) cujo passeio se está a fazer pela deliciosa superfície do vidro. Se a janela estivesse aberta, o que poderia ter acontecido naquele instante, a caracoleta podia experimentar uma volta para o interior da casa e ficar colada ao vidro, no lado de dentro. Isto é: um lugar novo, mais quente, e também com vista para o exterior. Felizes são os nossos dissemelhantes, sobretudo aqueles que têm o direito à casa, casa intrínseca e, além do mais, capaz de se deslocar à vontade do dono.

Rocha de Sousa