>

quinta-feira, fevereiro 18, 2016

7. M.

Ao olhar para esta fotografia não sei se me encante se me desencante. E a culpa foi da Agrades que me fez pensar em algo que antes não me tinha ocorrido. Deixei de ser capaz de apreciar esta cena campestre apenas como imagem bonita e ternurenta, agora pergunto-me também se ela não revela um gesto de prepotência do ser humano sobre os animais.

M

1 Comments:

Blogger Justine said...

É contínuo, esse gesto de prepotência do homem sobre os animais....

22/2/16  

Enviar um comentário

<< Home