>

quinta-feira, março 17, 2016

9. Mena M.

Os ombros dobrados sob o peso do mundo.
Assim me sinto também, cada vez mais sem palavras perante os acontecimentos, não só a situação de todos os homens, mulheres e crianças que atravessam mares enlatados em barcos sem condições para a travessia, que atravessam fronteiras à procura de um refúgio que quase ninguém lhes quer dar, mas também perante o facto de que a extrema direita e os nazis cada vez ganham mais terreno na Europa, e muito especialmente aqui na Alemanha.

Mena

1 Comments:

Blogger Justine said...

Todos nós andamos de ombros e coração pesados, Mena, perante este mundo cada vez mais hostil, mais desumano, mais perigoso...

22/3/16  

Enviar um comentário

<< Home