>

quinta-feira, abril 14, 2016

5. Justine



Quando a noite cai é como se se entrasse numa outra realidade. De dia, é uma praça mal tratada, fria e feia, com bancos degradados, caixotes de lixo virados por gente ou por bichos, e velhos pobres, tristes e sós vivendo de memórias, mas procurando, nas conversas com os outros, ainda um vínculo com a vida. Quando a noite cai tudo isso desaparece, e a praça transforma-se num cenário de silêncios, beleza e mistério… 
Justine