>

quinta-feira, maio 19, 2016

5. Licínia

Deitou-se a descansar, a bailarina. O saiote de folhos abriu em flor e cobriu-lhe o sossego. Quem passava dizia: olha, uma rosa a dormir.
Licínia