>

quinta-feira, maio 12, 2016

9. Rocha/Desenhamento



A voz desata-se numa terra agrilhoada, onde este homem perdeu há dias dois filhos, sempre a gritar por eles. Perdeu-se em lutas, cada vez se interroga mais. Porque nos escravizam assim? Porque nos perdemos na fuga dos nossos entes queridos? Porquê? 
Rocha de Sousa

4 Comments:

Blogger Justine said...

Um grito de raiva e dor que diariamente nos sai da garganta...

15/5/16  
Blogger Luisa said...

Tanta dor!

17/5/16  
Blogger Licínia Quitério said...

Uma voz a pesar na consciência colectiva.

17/5/16  
Blogger bettips said...

Voz quebrada da dor.

18/5/16  

Enviar um comentário

<< Home