>

quinta-feira, junho 09, 2016

2. Benó



Às vezes ao acordar, sinto uma preguiça enorme para me levantar. Estico uma perna, ponho um pé de fora, tateio a cama e sinto que ao meu lado ainda dorme quem comigo se deitou. Posso ficar mais um pouco, penso, mas o barulho das gaivotas no telhado é tanto que dum salto abro a janela e bato as palmas para se irem embora e nos deixarem descansar mais meia hora. 
Benó

3 Comments:

Blogger bettips said...

Levantam-se cedo, as danadinhas! Cheias de pressa do dia em começo.

12/6/16  
Blogger Licínia Quitério said...

Têm outro fuso horário gravado no corpo.

13/6/16  
Blogger Luisa said...

E elas obedecem e fogem?

13/6/16  

Enviar um comentário

<< Home