>

quinta-feira, novembro 10, 2016

2. Benó



Ao cair da noite, é a hora de recolher. As aves voltam ao ninho, os insetos aos buracos, os repteis às tocas. Todos procuram o sossego do lar. Mas, os gatos, esses felinos meigos de garras escondidas que tanto gostam duma almofada como dum telhado escolhem essa hora parda, de ao cair da noite, para irem à procura duma aventura/romance ou, talvez, simplesmente à caça de algum incauto roedor de orelhas pequenas e cauda longa. 
Benó

7 Comments:

Blogger Isabel said...

Tão giro!

10/11/16  
Blogger mena maya said...

É a hora dos galãs, gatos e não só...
Original esta tua ideia, Benó!

11/11/16  
Blogger M. said...

Achei graça à referência a "... essa hora parda" e logo me lembrei da expressão "À noite todos os gatos são pardos". Original o teu texto, Benó, a acompanhar uma bela fotografia, de grande serenidade.

11/11/16  
Blogger bettips said...

Um divertida descrição de Monsieur Le Chat (sim, são uns senhores!) e uma boa fotografia de ângulos diferentes que se intersectam e a animam, Guardará ele as "laranjas"?

11/11/16  
Blogger clickit said...

Este comentário foi removido pelo autor.

11/11/16  
Anonymous Anónimo said...

...eh lá, tanto acordo e desacordo: INTERCEPTAM e não o que escrevi.
Isto deve ser por causa dos espetadores que me espetam nos olhos, interceptando-me a mente variável... e antiga!
bettips

11/11/16  
Blogger Justine said...

A noite é deles e de todos os espíritos livres, Benó.

15/11/16  

Enviar um comentário

<< Home