>

quinta-feira, junho 15, 2017

10. Rocha/Desenhamento

Há momentos em que, dentro dos nossos olhos, fechados ou semi-abertos, julgamos percepcionar imagens reais, furtivas e vulgares ou congregando simbologias diversas. Como nesta ilustração fotografada sobre um personagem
que parece tolhido por uma mão saída de uma letra, a escrita, retirando assim o homem afogueado, detido para nada.

Rocha de Sousa

1 Comments:

Blogger M. said...

Pois, às vezes é o que acontece nas nossas vidas: é-se, ou está-se, detido para nada. Frustrante quando não se justifica uma detenção. Isso é para os criminosos.

15/6/17  

Enviar um comentário

<< Home