>

quinta-feira, novembro 22, 2012

10. «Refúgio» por Mena M.

11 Comments:

Blogger Benó said...

Mena, qual é o teu refúgio? Não cheguei a nenhuma conclusão. Esclareces, pf.

22/11/12  
Blogger bettips said...

Ao fundo do túnel, o verde e árvores sugeridas como... admira-me que não esteja o mar, Mena!

22/11/12  
Blogger mena maya said...

Benó, o meu refúgio é o parque que tenho lá muito ao fundo de mim,onde posso passear as minhas mágoas ou sentar-me à sombra das boas recordações...

22/11/12  
Blogger M. said...

A lembrar-me a lente de uma máquina fotográfica com um zoom de grande alcance. Poderá também ser esse o nosso pensamento quando se refugia em si mesmo, não importa o lugar mais próximo ou mais longínquo onde poisa.

22/11/12  
Blogger agrades said...

Lindo! A luz ao fundo, a paisagem, o lazer, a vontade.
Gosto muito.

22/11/12  
Blogger Luisa said...

Faz-me lembrar aqueles caleidoscópios com que brincávamos em miúdos. Neles via-se tudo o que sonhávamos.

23/11/12  
Blogger ~pi said...

... sugere mil refúgios lado a lado, crescer, dançar e até escorregar para o refúgio... :-)






~

24/11/12  
Blogger mena maya said...

Desde pequenina um dos meus refúgios era a fantasia. Não sei se agora "agravada" pelo facto de dia sim, dia sim estar com as crianças o que posso dizer é:
Eu vi um sapo,um grande sapo, refugiado no olhar deste passarito.

24/11/12  
Blogger mena maya said...

Acabo de ver que o meu comentário à foto da M.foi por engano`parar aos comentários da minha.Sorry!

24/11/12  
Blogger Licínia Quitério said...

Bem guardado o refúgio. Tão longe e tão perto.

24/11/12  
Blogger Justine said...

E lá no fundo o verde da esperança...

25/11/12  

Enviar um comentário

<< Home