quarta-feira, setembro 01, 2021

AGENDA PARA OUTUBRO DE 2021

Proposta de Mónica

“Estas são algumas das coisas que me fazem feliz”, como dizia Maria no filme Música no Coração, proponho que façamos uma “terapia” de boa disposição, vamos à procura de coisas que nos façam rir, com uma gargalhada ou apenas um sorriso:

Dia   7 – fora de casa

Dia 14 – dentro de casa

Dia 21 – na natureza

Dia 28 -  na cultura

quarta-feira, junho 23, 2021

JULHO E AGOSTO

Façamos férias dos nossos desafios no PPP durante Julho e Agosto.

Foi um prazer estar aqui convosco. Julgo que, de certo modo, este convívio nos ajudou a aliviar o mal estar de meses terríveis. 

Não percamos a esperança de melhores dias.

Inté! 

M

O DESAFIO DE HOJE

Proposta de Luisa

Neste último ano e alguns meses usamos diariamente palavras que nunca pensaríamos ter de dizer ou mesmo pensar. Proponho que tentemos substitui- -las por vocábulos que nos animem e tragam esperança num mundo mais azul.

Dia   3 – Convívio

Dia 10 – Jardinagem

Dia 17 – Passeio

Dia 24 - Contemplação

 

11. Zambujal

10. Teresa Silva

Teresa Silva

9. Mónica

 Gato calipolense em contemplação, deitado no cruzamento negro das fiadas perpendiculares de mármore branco, patas junto ao peito de unhas recolhidas, aconchegado a si, descontraído, tranquilo, não desafia, não convida ao convívio, cabeça erguida, olhos abertos fitando o chão próximo, como quem pensa, distraído mas não a dormir, o suficiente para estar atento e não ser apanhado de surpresa, deixa claro que está a ver-nos, vai abrindo e fechando os olhos lentamente, tem demasiada preguiça e calor para se ir embora, como quem diz, uma praça tão grande, eu aqui tão tranquilo, forasteiros, respeitem as distâncias sociais entre gatos e pessoas. Uma festinha, uma fotografia, vá, é só isso. E lá ficou o gato. Quem me dera um pedaço de mármore negro do meu tamanho para me deitar e contemplar a vida.

Mónica

8. Mena M.

  
A curiosidade de saber quem somos, olhos nos olhos em contemplação.

Mena

7. Margarida

 Contemplação

Numa ilha, contemplar outra ilha é uma companhia. Parece-nos companhia. É terra, é solidez. Sente-se menos a maresia imensa, apesar de tão longe e de tão demorada. A imensidão do azul sente-se igualmente mas com terra do outro lado parece quebrar-se, parece mais perto, parece mais nossa. Mas nada é nosso.

Deixo-vos com uma ilha dentro de outra ilha.

Margarida

6. M.

  
Contemplação é soltar o olhar e o pensamento sobre a vastidão do mundo e trazê-la para dentro de mim.
 
M

5. Luisa

Olhemos o mundo que ficou depois de passada a tempestade.

Luisa

4. Licinia

  
Fixar-me no galho escandalosamente verde, depois, sem me mexer, ser eu também o galho e com ele resistir à correria das águas. Ficar assim abraçada ao escandaloso verde que também sou porque o contemplei. Para não falar da cavalgada das águas que me inundam porque também delas sou, porque as contemplei. Possuir, ser possuído, é o segredo que nos arrasta para a contemplação.
 
Licínia

3. Justine

  
Do nosso lado esquerdo aprecia-se o Cabo Carvoeiro, habitualmente envolto em neblina; em frente, se se esperar um pouco e o sol ajudar, conseguem ver-se as Berlengas; à volta e até onde os olhos alcançam é o mar, a sua música e o seu perfume. Depois fecham-se os olhos, relaxa-se o corpo e a mente, e entra-se em contemplação interior, que é onde tudo se transforma e se guarda!

Justine

2. Bettips

Em férias, o que mais aprecio contemplar - além deste mar sempre diferente - são os campos vazios e solitários ao cair do dia.

Bettips

1. Agrades

Contemplação e paródia nos passadiços do rio Vez.

Agrades