>

quinta-feira, fevereiro 11, 2016

3. Bettips



Naquele dia eram umas 6 e tal da manhã e já tínhamos de ir tomar o pequeno almoço e arrumar a mala, para mais uma etapa dos "Caminhos de Santiago". Desta vez e ainda estremunhados, nem imaginávamos que de Allariz até à noite, em Ourense, iríamos andar mais de 15km (ou 20?? ou??). Começando em Santa Maria de Augas Santas, atravessando florestas de carvalhos e castanheiros floridos, saltando pedras em ribeiros e lameiros, visitando velhas igrejas e lugares de lendas, caminhando no encanto das terras, entre aldeias, vales e montes.
Digo a todos os amigos que vale a pena, mesmo sem exaurir as forças em "peregrinação" e guiados por alguém que conheça as alternativas pelos lugares mais afastados das estradas comuns, fazer pelo menos uma parte deste caminho introspectivo e encantador. Não tem a ver com a chegada nem a partida: tem mesmo a ver com o caminho! 
Bettips

3 Comments:

Blogger Licínia Quitério said...

Que céu magnífico. Boa prenda para os esforçados caminheiros.

13/2/16  
Anonymous zambujal said...

Naqueles dias, que todos deveriam ser, em que se aprende que o caminho se faz "al andar"! E que não basta repeti-lo em palavras, que há que fazê-lo com os nossos pés.

13/2/16  
Blogger Justine said...

Tem a ver com o caminho, sim! Tal como a vida...

16/2/16  

Enviar um comentário

<< Home