>

quinta-feira, janeiro 16, 2014

3. Bettips

Que a beleza dos monumentos da fé me toca sempre que os visito, as suas cúpulas, os seus tesouros, os seus anjos e demónios, altares e santos cobertos de riquezas, não deixa de me admirar que as religiões tanto tenham gasto com o divino em detrimento do humano. 
E assim, com as palavras dentro de olhar esta fotografia, me veio à ideia a recente notícia do incêndio que aconteceu na Igreja do Convento da Santa Cruz do Buçaco (integrada na construção posterior do Palace Hotel do Buçaco 5*****), destruindo uma bela e valiosa tela de Josefa de Óbidos, "A Sagrada Família", pintada em 1664.
Bettips

3 Comments:

Blogger M. said...

Uma bela reflexão crítica sobre a História da Humanidade, as suas prepotências, as suas ilusões, as suas injustiças e os seus descuidos. Mas, apesar de tudo isso, a Arte, alimento imprescindível do espírito.

18/1/14  
Blogger Justine said...

Era a Igreja, nesse tempo, que detinha estrategicamente todo o saber e todo o acesso às artes...
e agora os poderes desprezam as artes, se não forem encaradas na perspectiva do valor/lucro! Mundo este...

18/1/14  
Blogger Licínia Quitério said...

Prezar a arte e o louvor aos deuses é da história da humanidade. Alimentar os homens na carne e no espírito é tarefa que os homens não prezam tanto.

20/1/14  

Enviar um comentário

<< Home