>

quinta-feira, outubro 09, 2014

9. Zambujal



                               Gosto da luz… 
Gosto da luz… pronto! Gosto da luz do sol como gosto da luz da lua, e gostei de visitar o Museu da Luz na nova Aldeia da Luz que o Alqueva fez nascer.
Gosto da luz que os seres humanos inventaram, vinda do acto que provocou a chispa entre duas pedras lascadas e acendeu fogo, calor, luz, e como esse primeiro gesto nos trouxe à nossa eléctri(ca)cidade de hoje... à luz que o nosso dedo faz ou desfaz e nos dá a sombra e a tranquil(a)idade de que, por vezes…, também gosto (e de que preciso).
Gosto da luz natural e da luz que se acende ou apaga à nossa vontade, pronto!
E gostei muito – foi transcendente! –, de ter ajudado, há muitas décadas, a “dar à luz” os meus filhos. 
Zambujal

6 Comments:

Blogger Justine said...

Gosto da "luz" da última frase!

10/10/14  
Blogger agrades said...

Pronto! Também gosto.

10/10/14  
Blogger Luisa said...

Como se pode deixar de gostar dessas luzes todas? Só faltam as da ribalta.

10/10/14  
Blogger mena maya said...

e quando a eléctrica falha, temos a alternativa romântica, a da vela.

11/10/14  
Blogger M. said...

Um texto muito interessante a acompanhar duas fotografias com uma perspectiva original.

12/10/14  
Blogger Licínia Quitério said...

Belo texto, muito bem ilustrado pela(s) foto(s). Um prazer ler-te.

13/10/14  

Enviar um comentário

<< Home