>

quinta-feira, janeiro 14, 2016

7. M.



Antes que seja tarde é expressão usada por aí quando alguém não quer deixar fugir a ocasião de resolver assuntos urgentes, ou pendentes, com receio de os perder no esquecimento. Não conheço a origem da expressão, provavelmente a sabedoria popular observou a vivência real das pessoas nas suas comunidades ao longo dos tempos e acabou por condensá-la desta forma prática. Prática mas arriscada, penso eu, porque há várias sabedorias que por vezes se confrontam ou até se contradizem, fruto de experiências e conceitos diversos como, por exemplo, os que o provérbio Mais vale tarde do que nunca resume. Coitada, a palavra tarde, assim entalada entre outras de estatuto tão diferenciado, deve ficar baralhada com o sentido da sua própria existência. Mas como o gosto de esmiuçar as complexidades da linguagem humana parece enfastiar alguns, há quem encerre o assunto com um firme Mais vale cedo que tarde e tarde que nunca. Pronto.
Ui! Eu calo-me. Mas antes de ir, só mais uma coisa: de momento prefiro que a tarde me faça companhia entre a manhã e a noite. Completamente despojada de futuro.
M

3 Comments:

Blogger Luisa said...

E à tarde bebe-se um belo chá, para aquecer e consolar.

15/1/16  
Blogger Licínia Quitério said...

Vê bem até onde a tarde te levou. A uma prosa em que "esmiuçaste" conceitos aparentemente contraditórios. Esse "esmiuçar" é mesmo teu.

16/1/16  
Blogger bettips said...

Como renda, que não é, na chávena. Como conceito no presente, que pode ser - e é uma dissertação tão M.-, de "tarde demais".

19/1/16  

Enviar um comentário

<< Home