>

quinta-feira, janeiro 21, 2016

8. Mena M.

Encontrou-o deitado por terra no meio dos escombros. O corpo, tanto quantos nos é dado ver, uma massa cinzenta, a cabeça uma bola de vidro. O rosto, um estranho quadriculado em tons de azul e branco, onde cresce selvagem uma barba de folhas verdes e flores seca.
Não se sabe há quanto tempo ali está, tão pouco de onde veio. Não fora a Agrades ter ali passado, de máquina fotográfica em punho, teria este estranho ser passado despercebido.

Mena