>

quinta-feira, março 26, 2015

6. Luisa

3 Comments:

Blogger bettips said...

Direi aqui o contrário "tanto céu-de-mar".
E essas pedras que ganham a oblíqua forma das ondas.

28/3/15  
Blogger Licínia Quitério said...

Uma após outra, sempre, a abraçar, a regressar..

30/3/15  
Blogger Justine said...

Tão belo e tão sereno, apesar das ondas apressadas...

30/3/15  

Enviar um comentário

<< Home