>

quinta-feira, junho 13, 2013

4. Jawaa



E lá vai ela, subindo cada vez mais alto, deixando os cachos brancos pousarem na minha saudade sem tempo, mas com cheiro, cor e asas de vento. 
Jawaa

8 Comments:

Blogger Rocha de Sousa said...


Jawaa e o seu estilo inconfundí-
vel. Boa fotografia. A ida é a
dos cachos de flores brancas, já
no beiral lateral do telhado

13/6/13  
Blogger M. said...

Linda e original esta Ela assim descrita de maneira tão magoada. Uma beleza.

13/6/13  
Blogger Luisa said...

Linda! E uma sorte terem-na deixado subir assim.

13/6/13  
Blogger Licínia Quitério said...

Linda a trepadeira florindo, perfumando o muro da saudade.

14/6/13  
Anonymous Anónimo said...

Que belíssimo texto, Jawaa!

Justine

15/6/13  
Blogger mena maya said...

e aqui fiquei eu parada com um sorriso nos lábios, deixando-me embalar pela beleza e doçura das tuas palavras, Jawaa!
Linda a fotografia também!

16/6/13  
Blogger bettips said...

Um pequeno poema da pedra, amaciada pelas trepadeiras e flores sem rumo. Tal o pensamento vai.
Muito belo Jawaa

17/6/13  
Anonymous do zambujal said...

... e lá vai ela, também a hera a invadir os cachos de rosinhas brancas... ou é o contrário?, os cachos de rosinhas brancas a invadir a invasora hera, que lá vai ela, sempre.

belo conjunto de foto, texto, tema.

18/6/13  

Enviar um comentário

<< Home