>

quinta-feira, abril 03, 2014

3. Bettips



                      Teleférico

Ali estava a ponte móvel que corria entre os fios, num vaivém. Vazio de turistas e aguardando melhores dias. O teleférico moderno, unindo o baixo e o alto da velha Gaia, olhando de cima as ruas tortuosas dos pobres antigos, sobre os telhados dos pescadores, de armazéns das caves centenárias, de construções de novos ricos. Ia-se à Afurada ao peixe e aos arraiais de pé ligeiro na chinela. Lá em cima, estamos de novo enganados no tempo: já ninguém vende o sável que não lhe chame “gourmet”.
Bettips

6 Comments:

Blogger Luisa said...

Teleféricos não são comigo...

3/4/14  
Blogger jawaa said...


Por mim, antes um passeio de teleférico que um qualquer prato de sável gourmet ou não. Peixe com espinhas não é a minha praia.

3/4/14  
Blogger bettips said...

Pois... se eu tivesse possibilidade, levava-vos de teleférico e, atravessando a ponte "de baixo" levava-vos ali mais adiante comer um sável frito e "sem espinhas", a olhar o Douro!

4/4/14  
Blogger Justine said...

A foto está uma beleza, Betty! (Sem desmerecimento do texto, claro!)
Mas vou confessar-te uma coisa, aqui que ninguém nos lê: tenho pavor de andar de teleférico...prefiro ir a pé comer o sável frito sem espinhas :-)))))))

5/4/14  
Blogger agrades said...

A ver a TErra como os pássaros...

5/4/14  
Blogger Rocha de Sousa said...


Boa fotografia.

7/4/14  

Enviar um comentário

<< Home