>

quarta-feira, abril 09, 2014

6. Licínia



As cores do pintor são como palavras que vão dizendo, afirmando, ocultando, expondo o enredo da tela, o discurso mais ou menos óbvio que a nossos olhos se apresenta. E de todas e por todas se faz o branco que abre janelas, ilumina, encandeia, acende, deslumbra. 
Licínia

5 Comments:

Blogger Justine said...

Ah, também foste ao MNAA ver os flamengos! Fui 2 vezes, de tal modo essa escola me encanta!
E o que dizes é tão verdade...

10/4/14  
Blogger agrades said...

Cores que se mostram com tintas e pincéis ou com palavras...

10/4/14  
Blogger bettips said...

Deslumbra pois, quando de toda a tela nos detemos numa luz e num gesto. Pensamos que o pintor quer dizer algo de muito íntimo.
Também VI este pequeno afago.

10/4/14  
Blogger M. said...

A beleza do branco.

11/4/14  
Blogger Rocha de Sousa said...


É boa a ideia do quadro e a
percepção do branco como uma
outra luz centralizando a com-
posição

14/4/14  

Enviar um comentário

<< Home