>

quinta-feira, fevereiro 07, 2013

12. Rocha/Desenhamento



                             Acabou
 
«… assim foi a tragédia dos ventos naquele dia, fúria ciclónica ou de tufão, tornado outrora raro, a Natureza em fúria porque agredida por Deus e pelo Homem, milhões e milhares de ciclos de vida desviados da sua matemática. Porque muitas casas estavam velhas ou em fase de desconstrução a força do sopro colossal acabou com muitos restos, metades de muros, grandes árvores em vias de morrer, partes meio desmontadas do território e das cidades. É preciso recomeçar»

Rocha de Sousa

9 Comments:

Blogger Benó said...

O vento já Abalou, destruiu, Amedrontou. Oportuna a foto com boa aplicação ao que se pedia.

7/2/13  
Blogger ~pi said...

limpeza... como só Deus limp, de tall modo que nos baralha
e confunde.






~

7/2/13  
Blogger Luisa said...

Uma bela fotografia com um texto a juntar aos muitos relatos dum fenómeno a que não estamos habituados.

7/2/13  
Blogger bettips said...

Um formidável exemplo, bem ao perto, nesta foto de destruição. Tomara que o Homem não desafiasse também as forças da Natureza porque elas chegam para nos assustar!

7/2/13  
Blogger agrades said...

Ares desvairados!

7/2/13  
Blogger M. said...

Um belo texto a reforçar a imagem, também ela muito bela.

8/2/13  
Blogger Licínia Quitério said...

Bonita e dramática imagem das Fúrias que nos visitaram.

8/2/13  
Anonymous Zambujal said...

Que Agressão! Por Aqui se pode ver a fúria que traz Acidentes Ainda maiores.
Bem Apoiado documentalmente.

9/2/13  
Blogger Justine said...

E foram casas, e foram árvores, e foram animais. E pessoas! A natureza em fúria...que nada poupa!

10/2/13  

Enviar um comentário

<< Home