>

quinta-feira, fevereiro 14, 2013

8. Mac



O vazio abate-se sobre a cidade, espreitando em cada esquina, indiferente à podridão latente... 
A imensidão do nada invadindo as ruas, uma mão gigante sufocando e abatendo-se sobre as pequenas formigas que correm lá em baixo... 

Mac

11 Comments:

Blogger M. said...

Muito bem escolhido este diálogo de imagem/texto. E muito interessante e muito bela a expressão, numa aparente contradição, apenas aparente, "A imensidão do nada invadindo as ruas".

14/2/13  
Blogger jawaa said...


Um vazio conveniente para que se possa admirar as frontarias, as cúpulas, as estátuas.

14/2/13  
Blogger Justine said...

Uma cidade vazia de pessoas, ou então com pessoas transformadas em formigas, é uma cidade condenada...

14/2/13  
Blogger bettips said...

Este comentário foi removido pelo autor.

14/2/13  
Blogger bettips said...

(quase vi um raio no alto do edifício da câmara)
Esta cidade de slogans e modas, tão esboroada a vemos ficar, no vago dos passos. Faltam as fontes, as gentes, os canteiros que sorriam no basalto, aliás falta o empedrado de calcário de duas cores que tinha desenhos de frutos e estrelas. Falta a humanidade da cidade.
A experiência das coisas por vezes deixa-nos um vazio. Uma melancolia.

14/2/13  
Blogger agrades said...

O vazio das horas mortas, tão raro numa cidade.

14/2/13  
Blogger Luisa said...

O vazio na cidade sente-se mais do que no campo. As solidões são maiores.

16/2/13  
Anonymous Anónimo said...

A fotografia corrente e uma ideia
curiosa da cidade a esvaziar-se.

Rocha de Sousa

17/2/13  
Blogger Licínia Quitério said...

O vazio das grandes urbes, ainda que aparentemente cheias, ruidosas.

18/2/13  
Anonymous do Zambujal said...

O vazio urbano. O vazio do povoado mas ausente da consideração de gente, de carne, ossos, sntimentos e afectos. A lembrar Orson Wells e o 3º Homem na grande roda de Viena.
Bem lembrado,

19/2/13  
Blogger Benó said...

O vazio das cidades que, embora cheias de gente, já não nos dizem nada e sentimos um vazio imenso quando temos necessidade de lá ir.

19/2/13  

Enviar um comentário

<< Home