>

quinta-feira, fevereiro 28, 2013

4. Justine



O Sr. Manel Cartucho tem 90 anos e dirige há mais de 60 uma mercearia no centro de Ourém. A mercearia é um autêntico museu, e a memória do Sr. Manel Cartucho (alcunha, claro, mas ninguém o conhece por outro nome) um repositório da história de Ourém. Todos os dias abre pontualmente a loja às 9h, e ali fica o dia inteiro à porta, conversando com quem passa, porque vender, vende pouco. Mas ele não se preocupa. O que é importante é abrir a porta todos os dias, e todos os dias dizer bom dia aos amigos das lojas vizinhas. 

O Sr. Manel Cartucho é o exemplo de que “…Tirando isso, é tudo a mesma coisa. Tirando isso, somos imortais enquanto vivermos.” 

Justine

5 Comments:

Blogger Rocha de Sousa said...

Um exemplo de vida, apesar de tudo,
do tempo que passa. A morte será
apenas uma máscara da imortalidade?

28/2/13  
Blogger Licínia Quitério said...

Uma bela história real. Homens que são museus vivos, com sorrisos que não envelhecem.

28/2/13  
Blogger Luisa said...

Há muito que deixei de "abrir a porta às 9 diariamente" ...

28/2/13  
Blogger bettips said...

Que bonito, Justine! Lição de perenidade, de teimosia de viver, cada manhã. Há lá coisa mais linda e esperançosa que ver o Senhor Manuel aqui, dentro deste grupo, a rir-se para nós?

28/2/13  
Blogger M. said...

Um modo bonito de permanecer útil. A si mesmo e aos outros.

1/3/13  

Enviar um comentário

<< Home