>

quinta-feira, dezembro 06, 2012

8. M.

12 Comments:

Blogger Rocha de Sousa said...

É verdade que codumelos inclui
um me. Não basta, penso, para cumprir de forma mais interventiva
no jogo

6/12/12  
Blogger agrades said...

Uma ternura! Os pais protegem os filhotos inequivocamente.
Tomara que os humanos aprendessem.

6/12/12  
Blogger M. said...

Rocha de Sousa:

Acha?
Por acaso a minha forma interventiva desta vez foi publicar dois links que me pareceram interessantes para quem não tivesse conhecimento desta exposição ou dela estivesse esquecido.
Além do mais, neste desafio não é obrigatório acrescentar texto, apenas se pede uma palavra.

6/12/12  
Blogger Licínia Quitério said...

A arte inconfundível do Senhor Bordalo. Obrigada pelos links com preciosas informações.

6/12/12  
Blogger Luisa said...

Conheço esta exposição encantadora mas não me lembrava de ter visto os cogumelos. Parecem tão inocentes vistos assim como que a protegerem-se de alguma mão mais ousada de que depois se vingam...

6/12/12  
Blogger bettips said...

É um jardim encantador, de repente parecemos transportados pela magia.
Do nosso Bordalo e não da Disney!
Bela foto, até é ternurenta, M.

6/12/12  
Blogger bettips said...

1889? Lagostas no tecto? É fantástico e prodigioso como a imaginação deste homem acompanha a nossa história, com o seu humor burlesco nas caricaturas, no que escrevia e na sua ligação à Natureza. Eu sempre adorei as "folhas de couve" tão comezinhas; mas tirando as Caldas da Rainha e algumas colecções que vi avulso, achei este lugar uma delícia imperdível, para adultos e crianças.

6/12/12  
Blogger mena maya said...

Estranhei crecerem ali, mas nem me tinha apercebido que eram de porcelana, M.
Fica para a próxima a visita ao jardim, despertaste-me a curiosidade. Obrigada pela partilha!

7/12/12  
Blogger Benó said...

Estão tão reais que apetece colher. Boa alternativa.

7/12/12  
Blogger jawaa said...


Tão bonitos, parecem uma família protectora dos filhotes.

7/12/12  
Anonymous Anónimo said...

M, óptima lembrança esta evocação da exposição extraordinária das peças do Rafael Bordalo Pinheiro. Tenho que lá voltar pois não me lembro dos cogumelos.

Teresa Silva

9/12/12  
Blogger Justine said...

Digam o que disserem, eu gosto da J.Vasconcelos! E o jardim é um encanto, principalmente nos dias em que é "enfeitado" por avó passeando a sua neta:))))))))))

10/12/12  

Enviar um comentário

<< Home