>

quinta-feira, janeiro 31, 2013

4. Jawaa

9 Comments:

Blogger Rocha de Sousa said...

Boa fotografia e curioso quase es-
condimento do amável e estreito
caminho alternativo.

31/1/13  
Blogger M. said...

Um caminho feito de abraços, daquelas estradas regionais muito belas que nos orientam até encontrarmos a aldeia ou a vila que procurámos no mapa e que desejamos com fervor. Adoro estes tons despidos, são lindos!

31/1/13  
Blogger Licínia Quitério said...

Tenho um caminho de eleição, aqui pelo Oeste, muito semelhante a este. Por ele ma passeei em dias de veludo e oiro.

31/1/13  
Blogger agrades said...

Uma beleza estas árvores nuas num céu tão azul!

31/1/13  
Blogger bettips said...

São fascinantes.. assim, túnel de braços despidos cinzentos-prata sobre o azul, acenando.

1/2/13  
Blogger Justine said...

Belíssimo caminho "principal", Jawaa!

2/2/13  
Blogger Benó said...

Rendo-me ao comentário da Bettips.
Apetece-me abraçar as árvores quando as vejo despidas, transmitem-me uma sensação de frio mas, gosto da foto.

3/2/13  
Blogger Luisa said...

Havia uma estrada destas a ligar Alenquer à Merceana. Ainda existirá?

4/2/13  
Blogger jawaa said...


Pois, Meninas, não é a estrada da Merceana, não é a estrada antiga da Foz, é a estrada da Curia, ali por terras da Bairrada.
Para que conste.

Um beijo e obrigada pelos comentários!

5/2/13  

Enviar um comentário

<< Home